Alcindo e Sebastião, filhos de Santo

Alcindo ao lado do irmão Sebastião.
(Foto tirada em 1946, metade do ano.)

Claro que eles não foram os únicos filhos de Santo Manzato. Mas o sobrenome, pelo lado de Santo, prossegue com eles dois.

Santo teve como filhos, Sebastião Manzato, casado com Cristina Venovicchi  Manzato, Alcindo, casado com Angelina Monarolo Manzatto e Antenor Manzatto, solteiro. As filhas de Santo foram Ema, que se casou com José Marquezin, Virgínia, com Leo Joaquim; Maria, com João Galvão; Elisa, com Segundo Perboni, Eulinda, com Tercílio Marquezin e Alzira, com Guilherme. Com isso, os netos de Santo ganharam sobrenomes de Marquezin, Joaquim, Perboni, Galvão, e os filhos de Guilherme e Alzira, que não temos o registro do sobrenome. E, claro, Manzato ou Manzatto, dos filhos de Alcindo e Sebastião.

Alcindo e Angelina tiveram como filhos, Terezinha (falecida com 20 dias de vida), Ademir José, que se casou com Jaide Mania, Nelson, que se casou com Rita de Cássia Crivelaro; Osmar, que se casou com Marilene Cavalli; Alberto, que se casou com Rita de Cássia Lui e Antonio, hoje cônego, e Ana Maria, solteira.

Sebastião e Cristina tiveram como filhos, Antonia,que se casou com José C. Latância: Santo Benedito, se casou com Luiza Gema. Alice, com Aldo de Lucca (já falecido); Georgina casou com Rafael Perseghetti;  Dionizio casou com Angelina Maria Julio Manzatto. Palmira casou com Adão Peres; Laurindo casou com Flória Caberlin. Maria casou com Francisco J. Borin e Domingos Olimpio casou com Ondina Chiminazzo. Os registros de nascimento de Alcindo e filhos são MANZATTO, enquanto de Sebastião e filhos são MANZATO. Notamos então que o parentesco continua independente de quantos “Ts” existam.

Apenas como recordação, principalmente dos irmãos mais velhos, Alice e Antonia, que a gente conhecia e chamava de Toninha, passearam algumas vezes por nossa casa, na avenida São Paulo. Alice, casada com Aldo de Lucca, morou em Jundiaí. Quem não se lembra do Ademir dirigindo o Jeep da Auto Escola Globo, tendo o Aldo, como instrutor? Parte da família de Sebastião mora hoje em Valinhos. Em breve, teremos histórias para contar destes nossos parentes.

(texto de Nelson Manzatto)

4 Respostas to “Alcindo e Sebastião, filhos de Santo”

  1. Nelson Says:

    Pois é gente, os parentes vão aparecendo… cada vez mais…

  2. toninho Says:

    Ou a gente vai os encontrando, né mesmo?

  3. toninho Says:

    vai os encontrando também é bom português, né?
    Corrige aí, mano acostumado à redação de jornal: a gente os vai encontrando, tá certo?

  4. Nelson Says:

    é. é isso aí: os parentes vão aparecendo e a gente os vai encontrando… o imporante, mesmo, é encontrar, e ver que a família tem uma dimensão muito maior do que se imagina…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: