Ampliando o leque (2)

Novos elos de ligação

Por Nelson Manzatto

Blog também serve para encontrar parentes! E não foram poucos os que já encontramos por aqui. Que o diga o encontro de 1º de maio. Mas o importante é ver que a ligação é grande e os parentes são tão próximos, mesmo morando em cidades diferentes. Há alguns dias apresentamos aqui, Manzattos de Jundiaí, com parentes em Santa Bárbara do Oeste. Imediatamente o blog encontrou em contato com a família Iatarola, com ascendência Manzato para buscar informações de parentesco. Para quem esteve no encontro, Vilma Manzato Iatarola é filha de Valdomiro, homenageado na ocasião, com sua esposa. E são parentes em primeiro grau. A família a quem nos referimos é de Archangelo Manzato, casado com Sabina Mosna. A nota foi publicada no último dia 27, para quem quiser comparar nomes e informações. Segue, aqui, o relato de Vilma :

“Tenho foto do casamento dos meus pais que no dia 23 de dezembro próximo completará 60 anos. Minha mãe fez 81 anos dia 10 de setembro e meu pai fará 88 no dia 01 de novembro. Tenho fotos dos meus avós paternos e maternos. Do meu lado paterno (Manzato) tenho fotos dos avós paternos do meu pai (Manzatto) e maternos (Soave), que tirei das fotos que estão nos túmulos em Piracicaba e Capivari, fiz em 2007. O pai do meu pai que era Otávio Manzatto (ou Octaviano) era irmão do Arcangelo que era o pai da Beatriz e da Ester citados no blog, portanto elas são primas de primeiro grau do meu pai, eu as conheço bem pois morávamos próximos no sítio. Há mais ou menos um mês a Rosinéia, filha da Ester, trouxe o filho no meu consultório. As duas são casadas com Brugnerotto, a Ester é viúva, a minha mãe também é Brugnerotto. Tem outra irmã delas que se chama Lucinda que mora em Americana e é casada com Bazanelli (eles tem tecelagem) Meu pai disse que terceiro irmãos delas foram para Jundiaí quando venderam o sítio, Laerte, Tete e outro… eu me esqueci o nome.

O pai do meu avô Otávio , do Arcangelo (pai delas) se chamava Angelo e veio de Treviso. A mãe se chamava Maria Borti e era austríaca.

O José Manzatto é irmão da Beatriz e da Ester.Veja que engraçado, nós fomos no aniversário de 80 anos da irmã da minha sogra em Jaú. O sobrenome dela é Daniel (ela diz que na Itália é Danielli, nem sei se é assim que se escreve), o marido dessa irmã Iracema é Perin ou Pierin. Quando o Durvalino Daniel, que é primo da minha sogra, disse que ia ver o Zé Manzatto eu disse a ele que eu queria ir também pois meu pai havia me falado que ele mora lá. Daí meu filho e a namorada também foram.É pertinho, na mesma rua, fomos a pé. Tirei até fotografia dele, porque o Denis até disse: – Mãe, como ele é parecido com o Amadeu!. O Amadeu é meu primo, que mora aqui (Santa Bárbara), filho do irmão mais velho do meu pai. Este irmão faleceu acho que há 2 anos, inclusive foi este primo com os irmãos que compraram o sítio do tio Arcanjo, pai do Zé Manzatto. Fomos lá acho que em fevereiro. Na verdade não é bem Jaú, é um vilarejo próximo que se chama Pouso Alegre de Baixo. Logo na entrada vimos o Bar do Alemão, ou Restaurante do Alemão, que depois viemos a saber que é do Zé Manzatto, mas agora é o filho quem cuida. O Zé foi casado com a irmã desse Perin, cunhado da minha sogra.

Em tempo, de todos os irmãos, acho que são 10, só o meu pai é Manzato com um ‘ t ‘.”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: